Coluna

Empresas de tecnologia dos EUA dependem da China para manter vendas

Imagem de perfil do Colunistaesd
A maior fonte de receita em 2022 para a Qualcomm (62,4%) e para a Texas Instruments (48,2%) foi a China - Vishnu Mohanan/Unsplash
A indústria de semicondutores faz lobby para que EUA recue nas sanções contra a China

Geopolítica

Continua após publicidade

Pesquisa mostra que empresas de tecnologia dos EUA dependem da China para uma boa parte das suas vendas

A maior fonte de receita em 2022 para a Qualcomm (62.4%), Texas Instruments (48.2%), a Lam Research e outras três empresas estadunidenses da indústria de semicondutores, foi a China. A Associação da Indústria de Semicondutores tem feito lobby para que a Casa Branca recue nas sanções, pois elas podem acabar prejudicando as próprias empresas estadunidenses.

Nikkei, 12.07.2023

South China Morning Post, 12.07.2023

Até o fim do ano, Huawei pode voltar ao mercado de telefones 5G graças a avanços em suas ferramentas de design de semicondutores e chips da chinesa SMIC

A receita da Huawei atingiu um pico de 483 bilhões de yuans (R$322 bilhões) em 2020, antes de cair quase 50% um ano depois, devido às sanções dos EUA e Europa. A HiSilicon, subsidiária de design de chips da Huawei, teve uma participação no mercado global de processadores para smartphones de 0% por quatro trimestres consecutivos desde abril de 2022.

Caixin Global, 14.07.2023

Reuters, 12.07.2023

Política Nacional

Nova regulamentação de serviços de Inteligência Artificial (IA) tem abordagem mais branda, visando equilíbrio entre inovação e supervisão

Regras se aplicam a serviços que empregam tecnologias generativas de IA para criar textos, imagens, áudios e vídeos, especificamente voltados ao público chinês. Provedores só podem lançar seus produtos de IA generativa após revisão de segurança e registro do algoritmo, e dados utilizados devem ser precisos, obtidos legalmente e respeitar a propriedade intelectual.

Caixin Global, 14.07.2023

Sixth Tone, 14.07.2023

Investidores da China continental não poderão mais negociar ações por meio dos programas de ações com Hong Kong, após fim do período de carência

Por custos de financiamento mais baratos e maior alavancagem em Hong Kong, 39 mil investidores chineses vinham utilizando o mecanismo, considerado como “falso investimento estrangeiro”. A prática pode distorcer dados de entrada de investimentos estrangeiros na China, ao tempo que permitem que manipulem os preços de suas ações no continente.

Caixin Global, 13.07.2023

Economia

Crescimento acelera no segundo trimestre, chegando a 6,3% e PIB acumula 5,5% na primeira metade do ano, somando 59,3 trilhões de yuans (R$ 39,5 trilhões)

Entre os motivos que explicam esse desempenho no primeiro semestre estão: a rápida recuperação do setor de serviços e o crescimento estável do investimento em infraestrutura.

O valor agregado total das empresas industriais com receita anual maior que 20 milhões de yuans em sua atividade-fim (R$ 13,3 milhões), cresceu 3,8% na  comparação interanual. Vendas no varejo dos bens de consumo aumentaram 8,2% em relação ao ano anterior, e chegaram a 22,76 trilhões de yuans (R$ 15,2 tri).

Alguns economistas também consideram que para garantir o cumprimento da meta de 5% de crescimento do PIB em 2023, o governo central pode intensificar as medidas de estímulo para o segundo semestre.

Escritório Nacional de Estatística17.07.2023

Global Times, 17.07.2023

Agricultura e Meio Ambiente

China tem a menor colheita de verão dos últimos 5 anos (queda de 0,9%) como resultado de chuvas prolongadas e altas temperaturas

O clima adverso também pode afetar a colheita de outono, que responde por 75% da produção anual de grãos do país. Nesse contexto, a empresa Alibaba anunciou que promoverá pesquisas para melhorar as sementes por meio de inteligência artificial para que tenham maior rendimento e resistência a doenças e mudanças climáticas.

South China Morning Post, 12.07.2023

South China Morning Post, 18.07.2023

Ciência e Tecnologia

China anunciou oficialmente seu plano de chegar à Lua em 2030, tornando-se o segundo país a fazê-lo, após o último pouso lunar dos EUA em 1972

Diferente da missão Apollo XI, a China lançará o módulo de pouso e a espaçonave tripulada separadamente, e ambos vão se acoplar na órbita lunar para completar o pouso, o mesmo sistema que usará a missão não tripulada Tianwen 3 a Marte. China também está colaborando com a estatal Roscosmos da Rússia para construir uma base lunar em meados da década de 2030.

South China Morning Post, 13.07.2023

Asia Times, 15.07.2023

Cultura e Vida do Povo

O durião, uma fruta tropical do Sudeste Asiático, ganha cada vez mais popularidade na China

Conhecido como rei das frutas, o durião é presenteado a casais recém-noivos ou casados, e também a futuras sogras. Com impostos mais baixos e procedimentos alfandegários sob o pacto comercial Parceria econômica Regional Abrangente, entre China e países da ASEAN, as importações da fruta aumentaram mais de 150% no primeiro trimestre.

South China Morning Post, 13.07.2023

Shijiazhuang quer se tornar a cidade do rock e vai organizar vários festivais nos próximos meses

Com o retorno desse tipo de eventos massivos pós-pandemia, a cidade localizada na província de Hebei quer aproveitar o setor para impulsionar sua economia. Outras cidades já o fizeram, como Quzhou, na província de Zhejiang, onde um show de dois dias de Joker Xue atraiu 107.200 turistas e gerou uma receita de mais de R$ 544 milhões.

South China Morning Post,16.07.2023

Edição: Thalita Pires